Dilma diz que racistas são pessoas 'atrasadas'

Tarcio Breno | 4:50 PM | 0 comentários

Rio de Janeiro, 30 abr (EFE).- A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira que as pessoas racistas são mais "atrasadas" que as que não discriminam os outros pela cor da pele.

"Todos somos originais da mesma base. O que nos difere é o grau de tolerância e o grau de intolerância que temos uns com os outros. Alguns são mais atrasados. São aqueles que discriminam o próximo pela cor da pele", disse em mensagem na sua conta no Twitter.

A presidente garantiu que seu governo fará o possível para que a Copa do Mundo, que começa em 44 dias, seja uma bandeira mundial da luta contra o preconceito racial, e revelou que até o papa Francisco se comprometeu a apoiar essa iniciativa.

Segundo Dilma, o pontífice enviará uma mensagem contra o racismo que será lida antes da partida de abertura do Mundial, entre Brasil e Croácia, no dia 12 de junho. O papa rejeitou o convite da presidente para comparecer à competição, mas prometeu enviar um texto sobre o tema.

"O papa estará conosco nesta luta e enviará uma mensagem contra o racismo durante a Copa do Mundo", disse Dilma.

Hoje a governante fez uma visita à Bahia, estado com maior população negra do Brasil. Ela contou que a viagem a ajudou a reforçar seu orgulho pela diversidade étnica e cultural do país, e voltou a manifestar seu apoio aos jogadores que vêm protagonizando uma campanha contra o racismo no mundo todo.

"A resposta de nossos atletas ao preconceito que enfrentam, como o nosso Daniel Alves, é amostra de nossa força. Não podemos deixar de afirmar a força das nossas origens, do nosso sangue afrodescendente, indígena e branco".

Daniel Alves, lateral-direito do Barcelona, comeu uma banana que um torcedor jogou em sua direção durante uma partida contra o Villarreal no último domingo, pelo Campeonato Espanhol. A cena gerou uma campanha mundial contra o racismo nas redes sociais. Artistas e atletas expressaram sua revolta. 
Fonte: Uol

Category:

0 comentários